Monday, August 17, 2009

Por que o mundo não pode funcionar

Há no mundo 1) pessoas que usam guarda-chuvas, 2) pessoas que não usam guarda-chuvas* e 3) marquises.

E há o seguinte: as pessoas que usam guarda-chuvas não se afastam do lado de dentro da calçada, ou seja, de debaixo das marquises, enquanto as pessoas que não usam guarda-chuvas caminham pelo lado de fora, sob a chuva.

Por quê?

As pessoas que usam guarda-chuvas 1) não sabem o que têm em cima da cabeça, 2) são tão conscientes quanto as pessoas que não usam guarda-chuvas da inutilidade ou ineficácia do guarda-chuvas (mas, então, por que o usam?), 3) se importam pouco ou nada com as pessoas que não são elas.

Minha suspeita: o princípio que leva as pessoas que usam guarda-chuvas a caminhar debaixo das marquises é o mesmo que leva as pessoas que têm dois carros a quererem três ou as pessoas que têm cinco milhões a quererem dez.

Por isso o mundo não pode funcionar.


*Por diferentes motivos: 1) estéticos (não gostam do treco e/ou não se preocupam com seu cabelo), 2) humanitário-científicos (querem que o treco de há 300 anos evolua algum dia, 3) poéticos (Uma vez eu perdi o meu medo / O meu medo, o meu medo / O meu medo da chuva / Pois a chuva voltando pra terra traz coisas do ar).

5 comments:

uri said...

grande!!!!!

é vero, i a mi em posa de molt mala llet!!! Igual que el fet que no aixequin el paraigües ni 10 centimetres per no fotrete'l dins de l'ull, no vagi a ser que si l'aixequen els hi caigui una goteta als molt fills de P***!!!!!

Ja ho deia el poeta, fan més mal els tontos que els fills de puta i així va el món, tan ple de tontos...

uri

Anonymous said...

Y esto?? Stress? Jajajaja

Anonymous said...

O melhor nesses dias é ficar em casa e olhar a chuva da janela...

Roger said...

Eu acho que, na verdade, eles QUEREM furar os nossos olhos!

Veig que continues radical! Això és bo. :)

PS: Jarque per sempre.


Anonymous, não fico em casa, não. Eu sou o cara da rua, neném. Samba rock, uma onda black no cabelo. Eu sou maluco zabelê. No cair da noite o partideiro meu bem. No cortejo afro vou ver a gata negra ali. Vou me banhar de som e luz.

Anna Faedrich said...

O Ru não sabe usar guarda-chuva
;)